11/05/2021 às 14h58min - Atualizada em 11/05/2021 às 14h58min

“Maio Laranja” incentiva denúncias de casos de abuso ou exploração sexual de crianças e adolescentes

FONTE E FOTO: Secretaria Municipal de Comunicação Social da Prefeitura de Poços de Caldas
,
A Rede da Criança e do Adolescente de Poços de Caldas - RECRIAD segue na campanha “Maio Laranja”, que visa combater o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes e incentivar as denúncias, que podem ser feitas por qualquer pessoa nos Conselhos Tutelares, na Polícia Militar (190) e/ou pelo Disque 100 (ligação gratuita). Nesta semana, as unidades da rede de assistência social do município estão recebendo faixas da campanha.
A RECRIAD tem como objetivo assegurar os direitos das crianças e adolescentes do município e é articulada pela Secretaria Municipal de Promoção Social desde 2017.
Vizinhos, amigos, familiares, profissionais que atuam com crianças: é dever de todos levar ao conhecimento das autoridades os casos confirmados ou suspeitos de violência para investigação e tomada de providências. Dessa maneira, construímos uma sociedade mais segura para nossas crianças!
Para acompanhar as ações da campanha é só acessar o https://www.facebook.com/recriad.
 
A HISTÓRIA DO 18 DE MAIO - No dia 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória/ES, a criança Araceli Cabrera Crespo, de 8 anos, foi encontrada morta com sinais de violência física e sexual. Este acontecimento chocou o país e despertou diversas discussões sobre como proteger as crianças das situações de abuso sexual. No ano 2000, foi promulgada a Lei 9.970 que instituiu o 18 de maio como Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.
Marcar a data é uma maneira de não esquecer o que aconteceu com a menina Araceli e chamar a atenção para a importância de se falar no tema, no sentido de prevenir que isso aconteça a outras crianças e adolescentes.
 
DENÚNCIAS - O principal objetivo da data é chamar a atenção para o tema e reforçar a importância das denúncias. Qualquer pessoa pode denunciar casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. A forma mais rápida é pelo Disque Direitos Humanos - Disque 100, que garante o anonimato.
 
As denúncias também podem ser feitas aos seguintes órgãos:
CREAS – 3697-2626
Polícia Militar – 190
Conselho Tutelar Centro/Leste: 3697-2185/3722-1195
Conselho Tutelar Sul/Oeste: 3697-2116/3712-0726
Disque Direitos Humanos – 100

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp