20/04/2021 às 14h34min - Atualizada em 20/04/2021 às 14h34min

Intenção de viagem no pós-pandemia

FONTE: Fala Criativa
, 
Um estudo realizado pela Universidade do Estado do Rio (UERJ) revelou que casos de ansiedade e estresse mais do que dobraram durante a pandemia. A edição de março do Observatório Febraban avaliou o sentimento do brasileiro após um ano de pandemia e obteve como resposta que 19% dos brasileiros desejam viajar logo que a imunização da vacina atingir a maior parte da população. Esse dado perde apenas para "encontrar familiares que não têm visto" com 31%.
Em abril de 2020 o Férias & Co. aplicou uma pesquisa sobre os impactos da pandemia no dia a dia das pessoas. No levantamento, que contou com 1.099 respostas, 55% afirmaram ter cortado gastos com viagens, 49% com academia e 40% com estética. Ou seja, devido às medidas de isolamento social, as principais fontes de lazer e relaxamento foram as primeiras cortadas pela população.
Hoje, em nova análise realizada pela startup, mais de 80% afirmam ter feito cortes orçamentais em lazer e viagens durante o período de crise. E 74% acreditam que as férias terão ainda mais importância após a pandemia. O novo estudo foi feito em março de 2021, com aproximadamente 400 respostas.

Outros dados levantados pela pesquisa foram:

- 63% acreditam que planejar uma viagem colabora muito positivamente com a saúde mental;
- 47% acredita que a pandemia mudou muito a relação de importância com o período de férias, descanso e lazer. E apenas 10% acredita que mudou pouco;
- 83% acredita que o Brasil deve se recuperar dos danos da pandemia entre um ano e mais de três anos;
- 70% acredita que essa será a pior crise vivida pelo país, entre outros.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp