16/04/2021 às 14h18min - Atualizada em 16/04/2021 às 14h18min

Residência Artística em Teatro Digital: diversidade e aprendizado em meio à pandemia

FONTE E FOTOS: Cia de Teatro Conscius Dementia
, 
Cia de Teatro Conscius Dementia inova com projeto que conta com oito facilitadores
 
No dia 22 de março a Cia de Teatro Conscius Dementia deu início à Residência Artística em Teatro Digital. O projeto foi criado com base nos aprendizados do grupo desde quando a pandemia se instalou no país e impediu que artistas cênicos realizassem seus trabalhos da forma como estavam acostumados. Os eventos culturais presenciais seguem cancelados devido à pandemia; as transmissões ao vivo de espetáculos com cada ator em sua casa continua sendo a forma possível e mais segura de se fazer teatro e levar a arte para a casa das pessoas.
A Cia de Teatro vem experimentando teatro digital desde março de 2020. Nesse processo de quase um ano, sistematizou erros e acertos, quais são os processos necessários, estudos de plataformas digitais. Isso resultou em três espetáculos digitais: “Perfeita Imperfeição”, “Eu Sinto, Muito” e “Carta ao meu Corpo”, sendo que esse último fez uma temporada independente, sem nenhum apoio do poder público ou privado. Além disso, os integrantes fizeram parte de um projeto de pesquisa em teatro digital com professores doutores da UFSJ e da UFOP.
Para a Residência Artística - que tem parceria do Instituto Alcoa - o grupo disponibilizou 25 vagas e todas foram preenchidas. Os residentes são bem diversos entre si, alguns estão iniciando a carreira agora, outros já estão na área há mais tempo. Larissa Garcia, coordenadora e também facilitadora do projeto, salienta que esta diversidade é importante e irá contribuir com o aprendizado de todos.
Já foram oito encontros desde o início da Residência, os residentes já tiveram as aulas Organização Artística, Comunicando sua Arte pro Mundo, Tecnologia da Cena, Tudo é Dramaturgia e Jogos Teatrais e a Improvisação Digital.
 
PALCO DIGITAL - A residência contempla aulas exclusivamente online utilizando conceitos que foram sistematizados através da prática, dos cursos de aperfeiçoamento na área do audiovisual, teatro digital e gestão, entendendo essa nova linguagem como híbrida que traz métodos do teatro, do cinema, além de dialogar com plataformas e aplicativos de game e do mundo empresarial. Após os três meses de formação, os participantes receberão uma tutoria individual na produção de um espetáculo/cena digital, que será apresentado no festival online Palco Digital, última fase do projeto, possibilitando que coloquem em prática tudo que aprenderam.
A residência conta com oito facilitadores, sendo os seis integrantes da cia e dois convidados atores e técnicos que se aproximaram a partir do projeto de teatro digital que participaram juntos aos professores da UFSJ e UFOP. São eles: Camila Ribeiro, Danielle Marques, Gabriela Severini, Larissa Garcia, João Lucas Teixeira, Henrique Balleiras, Rafaela Jacon Dutra e William Moreira.
 
A Cia acredita que quanto mais artistas estiverem compartilhando sua arte nas redes, mais pessoas terão acesso a ela, e isso contribui com a saúde mental do público e dos próprios artistas em um momento tão difícil.
 
Para saber mais, acompanhe as redes sociais do grupo:
Instagram - @ciaconsciusdementia
E-mail - ciaconscius.residenciadigital@gmail.com
Site - https://sites.google.com/view/ciaconscius-dementia
Whatsapp - (35) 9 9836 5389

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Precisa de ajuda?
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp